Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Há luz da pena

Há luz da pena

Saber crescer

Nunca pensei que a minha pessoa fosse viver a, como é difícil certas pessoas dizerem “não!”. Mas há, e talvez seja horrível viver com isso. Até agora nunca tinha visto nem sabia que alguém pudesse “sofrer” desse género de coisas. Não sei lidar com isso pois só sei que me negam a autoridade, que impedem-me que eu ensine o bem e o melhor que sei. Todos os meus valores. O tempo passa e estou a ver que nem a mim nem a qualquer pessoa é obediente. O tempo é ocupado por regra nenhuma, valores adquiridos caprichosos que não fica nenhuma tradição e o que vale é a troca de moeda por tudo e por nada. O futuro avança e cada vez mais fica à sua própria sorte. Até agora tenho a sensação que foi em vão o que planeei e o meu próprio esforço. Dou por mim a ter atitudes de irritação, de pré-sofucamento de opiniões básicas e o bloqueamento mínimo dá lugar ao total vazio. Não tem que ser assim. Dei crédito mas não percebeu devido a do outro lado não e nunca esteve de acordo comigo para sermos um só. Qual é o ensinamento se por um lado o não é sim e sim é não?!?!?! O tempo o dirá mas, se eu poder evitar avançar mais no tempo, vejo e sinto que quanto mais créditos mais vejo o abismo a vir até a mim, e ir de encontro a muitos sins que deram ao meu “não” e nãos que deram ao meu “sim”, melhor. Irei ver os resultados e estarei pronta a “virar a mesa”, a ir para a frente com mais força e cheia de garra.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D