Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Há luz da pena

Há luz da pena

Idade tão parva

Smile garota parva.jpg

Como não sou excepção passei, também, por a idade da parvalhada. Lembro-me de ter recebido uma telefonia pequena. Andava radiante por ter uma telefonia pequena que dava para pôr na bicicleta e poder ouvir tal como as pessoas crescidas nos automóveis. Montada na bicicleta luzco fusco para poder ver com os faróis da minha nova bicicleta e a telefonia no posto onde a músicam me agradavam, fingia que passava pelas ruas da cidade ou de uma vila e que ia ao pão, buscar crianças, ver a tia, dar boleia ao primo, ao posto abastecer, etc, etc. De vez em quando e quando me lembrava dava cada volta grade e enorme porque me esquecia de alguma compra. Era uma chatice!!! Mas, cá para comingo adorava andar de bicicleta. Um dia chatiei me porque a telefonia não me “abedecia” porque queria que ela com um simples cordel estivesse debaixo do banco ou no volante. A segunda chatice era quando eu dava a volta e lá se ia o posto que estava a ouvir e aparecia uma chato qualquer a falar ou outra música que não suportá-la. Era assim os meus fins de tarde no meu jardim na casa de férias grandes.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D