Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Há luz da pena

Há luz da pena

Arrumar a “casa”.

Arrumar a-casa

Depois de vocês estarem muitos anos num sítio, sinto-me a fazer contas de subtrair para ver quando vou embora. Farta? Não. Cansada? Talvez. Vejo o futuro que não é meu mas sim, noutro sítio. Percorro os anos e revejo as pessoas que entraram, que saíram, que ficaram e que ficaram e saíram. Concluo que alguns nunca deviam ter saído e outras que nem sequer deviam de ter entrado. Tantos anos a fazer amizades com aqueles que merecem a vossa, criar raízes na empresa que trabalham e de evitar a hipocrisia, a intolerância e o egocêntrico de alguns) não tiveram necessidade de tentar “limpar” os podres das pessoas antes de chegar a hora da partida? Sinto-me a “lutar” para quem vá depois de mim continuar a sentir o que eu senti quendo cheguei, sorrir quendo eu sorria, falar quando eu falava e trabalhar como eu trabalhava. Hei de dizer quando chegar a minha ida dizer “missão cumprida”.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

3 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D