Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Há luz da pena

Há luz da pena

Quedas/Seguro

Não se sofre de uma queda por gosto. A partir daí quase tudo é diferente, infelizmente, porque começa-se a ter mais cuidado, o que se podia ter feito, irei ser mais prudente…, o que precisamos para reestruturar para melhor ser feito, o que foram as causas para não se repetir as consequências. Até aí não se lembra dos anos que as pessoas têm mas nem sempre é só isso pois também é o equipamento que um trabalhador tem que não corresponde às espectativas. Orçamento curto, não estica, não chega, falta dali… Por fim chega-se à conclusão que se podia ser evitado por inúmeras razões. A fase seguinte: O projecto para os funcionários estudar a teoria para depois usar na prática então…acção. Cursos dali, cursos para acolá, cursos xpto e tudo com boas intenções. Mas isso é só quando a queda está quente porque depois é só no papel. A outra fase é quem vai, quem precisa e quem deve. São sempre os mesmos, porque raras as vezes que não o são. Aqui nestas escolhas, de quem vai, não sei como, mas só sei que vejo os mesmos e o chefe do sector que se intitula “manutenção” vai a todos os cursos e mais ninguém tem ordem de ir desse sector. Não acho certo devido a que todos têm que pôr em prática o que aprendem. Será que o chefe vai ou está incumbido de ensinar aos que estão a cargo dele no mesmo sector? Que afinal é o papel dos governantes da empresa, da instituição, …

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D